Após Jogo da Discórdia, Eliezer se irrita com Natália: ‘para mim, acabou’
Publicidade - OTZAds
Apesar de líder, brother foi escolhido por Nati para cumprir 'monstro extra' , revelado durante jogo da discórdia

O Big Brother Brasil 22  trouxe, nesta segunda-feira (12/04), uma dinâmica diferenciada para o jogo da discórdia. Cada participante precisou escolher dois outros colegas como suas prioridades. Depois, no confessionário, todos sorteavam pergaminhos com consequências boas ou ruins que seriam herdadas por uma das prioridades. A brincadeira gerou desentendimentos entre Eliezer e Natália.

A sister, no início do jogo, elegeu Jessi e Eli como suas prioridades dentro do jogo, atualmente. Mais tarde, no confessionário, a mineira tirou o pergaminho que dava como consequência a entrada no castigo do monstro segunda ordem. Entre a amiga e o crush, sobrou para Eliezer, que detestou.

Isso porque Eli conquistou no último domingo (10/04) sua primeira liderança, com só dois dias de duração. Irritado, ele não quis papo com Nati após o fim do programa ao vivo. “Para mim, acabou!”. Por sorte, apesar de usar uma cabeça de polvo até segunda ordem, ele não perdeu as benesses da liderança, podendo dormir no quarto do líder e aproveitar do VIP, comendo o que há de melhor.

A chateação de Eli é porque ele foi o que mais cumpriu castigo do monstro ao longo da edição. Ao todo, contando com o cabeção do polvo, foram cinco vezes. “Faltou tudo, mano. É absurdo, mano, na boa. Inacreditável. Dois dias de liderança passei o programa inteiro esperando isso. E se fosse um monstro de resistência?”, disse o brother para Arthur Aguiar.

Nati, por sua vez, nem deu assunto para o crush, pois também estava chateada. Ela foi colocada na Xepa por Jessilane, que poderia ter escolhido Eli, mas o poupou, já que ele venceu a prova do líder.

Publicidade - OTZAds
Publicidade - OTZAds

QUAL A SUA REAÇÃO?


Você pode gostar:

Conversas no Facebook