Auxílio Emergencial: governo confirma prorrogação e novo valor de R$ 300 reais, pago em quatro parcelas
Prorrogação foi anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro na manhã desta terça, 1º.

Na manhã desta terça-feira, 1º, o presidente Jair Bolsonaro confirmou que o auxílio emergencial será prorrogado por mais quatro meses, com um novo valor, o de R$ 300 reais. Até lá, serão pagas quatro parcelas. O anuncio foi feito no Palácio da Alvorada, com ministros e parlamentares da base do governo.

"Agora resolvemos prorrogá-lo [o auxílio] por medida provisória até o final do ano. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do Bolsa Família. R$ 300 reais", disse Bolsonaro em coletiva.

Bolsonaro continuou: "O valor como tínhamos dizendo, R$ 600 é muito para quem paga, no caso o Brasil. Podemos dizer que não é um valor suficiente muitas vezes para todas as necessidades. Mas basicamente atende".

O auxílio foi criado em abril anteder trabalhadores informais que perderam renda por conta da pandemia do novo coronavírus. Desde então, o governo já pagou 5 parcelas de R$ 600 e previa o pagamento do benefício até julho.

Paulo Guedes, ministro da Economia, estava ao lado de Bolsonaro na coletiva, e discursou: 

"Estender essa camada de proteção à população brasileira. O presidente não deixou ninguém para trás. E, dentro da ideia do que é possível fazer com os recursos que nós temos, estender por quatro meses o valor de R$ 300 de Auxílio Emergencial".

Com o novo valor, o auxílio custará ao mês aos cofres públicos, o valor de R$ 25 bilhões.

Confira:

Resumo semanal 'Totalmente Demais': Eliza cai em armadilha feita por Carolina e Rafael

(Imagem: Carolina Antunes/PR)

SUA REAÇÃO!


Você também pode gostar

Facebook Conversations