Caso Taylor Swift: Demi Lovato defende Scooter Braun e faz um pedido; confira
Nome da dona de 'Heart Attack' rapidamente se tornou um dos mais citados no Twitter.

A cantora Demi Lovato resolveu se pronunciar sobre o caso envolvendo Taylor Swift e Scooter Braun. A hashtag #WeStandWithTaylor, foi uma das mais usadas neste domingo, 30, após Taylor revelar que seus álbuns, lançados pela Big Machine Records, agora são de propriedade do empresário Scooter Braun, com quem a loira não tem uma boa relação.

Pelo Instagram, Demi resolveu defender Scoot, que é o seu empresário, e ainda fez um pedido em meio a toda a polêmica. Em um comentário de uma publicação do cantor Todrick Hall no Instagram, ela escreveu: 

"Ei, eu não sei você ou qualquer coisa e isso não é ódio, mas fazer alegações de que alguém é homofóbico é realmente sério. Por favor, não espalhe informações que não é verdade, porque eu posso garantir que você Scooter não é. Como membro da Comunidade LGBTQ + eu mesmo, ele não teria me assinado se ele fosse. Não há ódio apenas tentando esclarecer isso".

Já pelos stories de seu perfil, Demi disse: "Eu tenho lidado com pessoas más nesta indústria e Scooter não é um deles. Ele é um bom homem. Pessoalmente, estou grato por ele ter vindo à minha vida quando o fez. Por favor, pare de "arrastar" as pessoas ou intimidá-los. Há ódio suficiente neste mundo como ele é".

Ela ainda disse: "Vocês podem vir atrás de mim o quanto quiserem, mas eu sempre vou ficar leal à minha equipe. Eu valorizo a lealdade mais do que a maioria das pessoas neste mundo e se meu nome vai ser trazido em conversas eu vou me levantar para mim e os da minha equipe".

Os comentários da cantora não agradaram muita gente e o termo "Demi Lovato", foi citado em mais de 30 mil tuítes. Um internauta escreveu: "Alguém tira a internet da Demi Lovato por favor, eh sério". Já outro, disse: "Sdds da época em que a Demi Lovato tava longe das redes sociais e não passava vergonha".

Comentário de Demi

Comentário de Demi (Imagens: Reprodução/JustJared/Getty Images)

QUAL A SUA REAÇÃO?


Você pode gostar

Facebook Conversations