Divulgado o calendário de pagamento das novas parcelas do Auxílio Emergencial; confira
Pagamento já vai começar nesta quarta-feira, 30, para os nascidos em janeiro, que receberam a primeira parcela em abril.

Por meio de edição extra do Diário Oficial da União, o Ministério da Cidadania divulgou o calendário de pagamento das últimas parcelas do Auxílio Emergencial, para os que não fazem parte do Bolsa Família, os que solicitaram o benefício pelo aplicativo ou pelo site. O valor das novas parcelas são de R$ 300 reais.

O pagamento será feito como anteriormente, através do crédito na poupança digital, o Caixa Tem e se inicia pelos nascidos em janeiro, depois fevereiro, março e assim sucessivamente. Serão 27 milhões de pessoas que receberão R$ 300 ou R$ 600 (no caso de mães monoparentais).

Vale lembrar, que quem recebeu a primeira parcela em abril, terá direito a receber as quatro parcelas. Confira a portaria completa clicando aqui.

Confira abaixo, os ciclos de pagamento:

I - o público beneficiário do auxílio emergencial residual que tenha recebido o crédito da primeira parcela do auxílio emergencial em abril de 2020 receberá o crédito da primeira parcela do auxílio emergencial residual em poupança social digital existente em seu nome, conforme calendário constante do Anexo I - Ciclo 3.

II - o público beneficiário do auxílio emergencial residual que tenha recebido o crédito da primeira parcela do auxílio emergencial em maio de 2020 receberá o crédito da primeira parcela do auxílio emergencial residual em poupança social digital existente em seu nome, conforme calendário constante do Anexo II - Ciclo 4;

III - o público beneficiário do auxílio emergencial residual que tenha recebido o crédito da primeira parcela do auxílio emergencial em junho de 2020 receberá o crédito da primeira parcela do auxílio emergencial residual em poupança social digital existente em seu nome, conforme calendário constante do Anexo IV - Ciclo 5; e

IV - o público beneficiário do auxílio emergencial residual que tenha recebido o crédito da primeira parcela do auxílio emergencial em julho de 2020 receberá o crédito da primeira parcela do auxílio emergencial residual em poupança social digital existente em seu nome, conforme calendário constante do Anexo V - Ciclo 6.

V - o público beneficiário do auxílio emergencial que tenha feito o procedimento de contestação por meio da plataforma digital entre os dias 20 de julho e 25 de agosto de 2020 e tenha sido considerado elegível receberá o crédito da primeira parcela do auxílio emergencial em poupança social digital aberta em seu nome, conforme calendário constante do Anexo I - Ciclo 3.

Cada inciso tem seu calendário:

§ 1º O público a que se refere o inciso I receberá o crédito da segunda, terceira e quarta parcelas do auxílio emergencial residual conforme calendários anexos para os Ciclos 4, 5 e 6, respectivamente.

§ 2º O público a que se refere o inciso II receberá o crédito da segunda e terceira parcelas do auxílio emergencial residual conforme calendários anexos para os Ciclos 5 e 6, respectivamente.

§ 3º O público a que se refere o inciso III receberá o crédito da segunda parcela do auxílio emergencial residual conforme calendários anexos para o Ciclo 6.

§ 4º O público a que se refere o inciso V receberá o crédito da segunda e terceira parcelas do auxílio emergencial conforme calendário constante dos Anexos para os Ciclos 4 e 5 respectivamente, e quarta e quinta parcelas conforme calendário constante do Anexo para o Ciclo 6.

§ 5º Nas datas indicadas nos Anexos I, II, IV e V, que se referem a modalidades de Crédito em Poupança Social Digital, os recursos estarão disponíveis apenas para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual ou QR Code.

Confira os calendários de pagamento e de saque (ANEXO I):

Confira os calendários de pagamento e de saque (ANEXO I):

(ANEXO II)

(ANEXO II)

(ANEXO III)

(ANEXO III)

(ANEXO IV)

(ANEXO IV)

(ANEXO V)

(ANEXO V)

(ANEXO VI)

(ANEXO VI)

SUA REAÇÃO!


Você também pode gostar

Facebook Conversations