'Estamos absolutamente tranquilos', diz Magalu sobre processo seletivo para negros
Assunto foi parar nos tópicos mais comentados do Twitter neste sábado, 19.

Ontem, 18, a Magazine Luiza anunciou a abertura de inscrições para um programa de trainees de 2021, que só vai aceitar candidatos negros. "O objetivo do Magalu com o programa é trazer mais diversidade racial para os cargos de liderança da companhia, recrutando universitários e recém-formados de todo Brasil, no início da vida profissional", diz a empresa, que foi elogiada e criticada no Twitter.

Em resposta a um artigo do site Antagonista, que diz que a inciativa é "inconstitucional e ilegal", pois a  "Constituição e lei tipifica racismo proíbem discriminação de qualquer espécie", a Magazine Luiza se disse tranquila quanto a legalidade do programa:

"Estamos absolutamente tranquilos quanto a legalidade do nosso Programa de Trainees 2021. Inclusive, ações afirmativas e de inclusão no mercado profissional, de pessoas discriminadas há gerações, fazem parte de uma nota técnica de 2018 do Ministério Público do Trabalho."

O site ainda disse: "O que o Magazine Luiza está fazendo ultrapassa a política de cotas. É o absurdo absoluto. O Ministério Público do Trabalho precisa impedir que se leve adiante essa ilegalidade e provocar o STF a reconhecer a sua inconstitucionalidade".

Confira:

A juíza do Trabalho, Ana Luiza Fischer Teixeira de Souza Mendonça, do TRT-3 (Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais), criticou o programa, para ela, ele é inadmissível. "Discriminação na contratação em razão da cor da pele: inadmissível", escreveu ela.

Em resposta a um comentário, ela escreveu: "Na minha Constituição, isso ainda é proibido".

Em seu perfil no Twitter, Ana Luiza diz que é "aquela que gosta do art. 5º". O artigo da Constituição diz que "todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade".

SUA REAÇÃO!


Você também pode gostar

Facebook Conversations