'Eu tive uma depressão muito forte', conta Paula Fernandes em série no Fantástico
O Dr. Drauzio Varella comanda a série 'Não está tudo bem ,mas vai ficar'.

Paula Fernandes deu detalhes para o Dr. Drauzio Varella, na série 'Não está tudo bem ,mas vai ficar', que estreou neste domingo (4), a respeito do período que teve depressão. "Eu tive uma depressão muito forte, aos 17, 18 anos", disse a cantora, que recentemente lançou o o DVD 'Origens'.

"Quantos atrasos para entrar no palco... tinha que refazer a maquiagem, pois estava chorando muito", disse Paula, que também falou sobre os sintomas: "Dor de cabeça, taquicardia... Achei que tava com problema cardíaco: 'Meu Deus, tenho que ir ao médico".

A artista teve dificuldades para seguir na carreira de cantora em São Paulo: "Eu achava que a culpa era minha: 'Aí, não deu certo. Eu não dou conta'". Ela diz: "Passava o dia todo tremendo, no sofá. Tinha dia que tinha crises de taquicardia. Eu parava no hospital, com não sei quanto de batimentos por segundo e achava que ia morrer e uma falta de ar... Eu não comprava um pão sozinha".

Drauzio questiona sobre o que Paula pensava na época: "Eu não entendi, por que eu não tinha consciência ainda. Quando a minha depressão chegou no ápice, de 0 a 10, chegou a nove, o meu cabelo já tinha caído bastante. Eu perdi 7 quilos em um espaço de tempo curtíssimo, por que eu já não comia".

"O que vinha na minha cabeça é que eu estava ficando doida. Por que eu estava sentindo isso? Eu sou tão jovem, bonita, interessante, inteligente", disparou Paula. No fim da entrevista, a dona de 'Juntos e Shallow Now', disse: "Eu sou o exemplo que a gente pode vencer a depressão sim, que a gente pode ser feliz sim".

QUAL A SUA REAÇÃO?


Você pode gostar

Facebook Conversations