Lembra dele? Último homem a vencer o BBB, Cézar Lima comenta atual edição
Publicidade - OTZAds
'Não teve nenhuma figura icônica, uma ‘fada’, como tivemos em outra edição', disse Cézar, campeão da edição 15 do programa, que comentou o que pode ter prejudicado elenco feminino do BBB 22

O Big Brother Brasil 22 conseguiu algo inédito em toda a história do programa: reunir seis homens em um TOP 6, dando a certeza de que a vitória seria masculina neste ano. Faltando quatro dias para a final, restam apenas quatro: Arthur Aguiar, Douglas Silva, Eliezer e Paulo André.  Você consegue se lembrar do último homem que ganhou o BBB?

Foi lá em 2015. Cézar Lima, advogado e economista, conquistou o Brasil e levou a melhor em uma edição cheia de grandes personagens, como Fernando, Angélica, Amanda e Adriles. Na final, foi o escolhido por mais de 65% dos votos, entrando para o TOP 5 de maiores índices de aceitação de um finalista.

De lá para cá, tivemos uma hegemonia feminina no BBB, que está prestes a acabar. Em entrevista ao Portal Uai, Cézar deu sua opinião a respeito desta edição, do “fracasso” do elenco feminino, além de revelar quem ele considera favorito ao prêmio de 1,5 milhão de reais.

‘Não teve nenhuma fada

Para o paranaense, que hoje vive me sua fazenda no Mato Grosso do Sul, a ausência de mulheres na reta final da edição se deve a falta de figuras icônicas entre o elenco: “acho que as gurias foram numa narrativa aí, de que isso (o BBB) seria fácil e inerente à condição feminina e não protagonizaram questões pessoais, grandes histórias de grande entretenimento para nós. E aí, predominou o ‘macharil’ (risos)”, disse o campeão de sete anos atrás.

“Não teve nenhuma figura icônica, uma ‘fada’, como tivemos em outra edição”, completou o ex-BBB, fazendo referência às ‘fadas sensatas’, do BBB 20, que dominaram o TOP 10 da edição. Naquela temporada, apenas um homem (Babu Santana) chegou àquela altura do jogo.

Ainda sobre o elenco feminino, Cézar traçou uma análise sobre o que, no entendimento dele, pode ter prejudicado as meninas da edição. O paranaense acredita que o fato dos habitantes do quarto lollipop terem “grudado” em Jade Picon no início do jogo, buscando favoritismo, acabou surtindo efeito contrário.

“Note que todas as integrantes do lollipop gravitavam em torno da Jade, justamente por falta de autoestima, confiança nos fatores individuais. Usaram muito ela como um escudo, na tentativa de fazer com que um pretenso favoritismo inexistente da Jade grudasse nelas. Foi justamente a rejeição que colou”, explicou.

CÉZAR LIMA VENCE O BBB15 EM FINAL CONTRA AMANDA! 💥 | BIG BROTHER BRASIL 15

Apesar da eliminação de Pedro Scooby, que deixou o jogo na última quinta-feira (22/04) com pouco mais de 50% dos votos, Cézar enxerga no surfista a verdadeira essência de um “Big Brother”, que mescla a espontaneidade com a vontade de jogar o BBB.

“Um estilo de jogo que leva com alegria e leveza o caos da competitividade, que é inerente ao jogo. Mesmo de forma descompromissada ele se joga e vive a experiência intensamente e isso nos une através desse entendimento do que é ser um big brother na sua essência”, explicou Cézar.

Com o caminho aberto para o ‘macharil’, Cézar vê Arthur Aguiar como grande favorito, seguido por P.A. Além disso, o campeão da edição 15 definiu Eliezer como um azarão. “O Eli é o cavalo azarão, tá garantindo o terceiro lugar, certamente”, brincou Cézar. “Mas acredito que a final fique entre Arthur Aguiar e Paulo André. Certamente, vai ficar bem dividido”, completou.

O Brother também lamentou o andamento desta edição do BBB e a classificou como insossa e melancólica, sendo, para ele, a pior edição da história: “não tem uma final imprevisível, grandes emoções. É lamentável que essa edição não tenha dado certo”, opinou. Cézar.

João Mello - Portal Uai
Publicidade - OTZAds
Publicidade - OTZAds

QUAL A SUA REAÇÃO?


Você pode gostar:

Conversas no Facebook