Mulher acusa Neymar de estrupo e caso é investigado pela Polícia Civil de São Paulo
Boletim de ocorrência foi feito nesta sexta-feira, 31.

O jogador de Neymar Jr., está sendo sendo acusado de estrupo na França. Uma mulher, que não teve o nome divulgado, fez um boletim de ocorrência na 6ª delegacia de defesa da mulher, em Santo Amaro, São Paulo. 

No dia 12 de maio, a mulher teria recebido de um assessor do atleta, passagens e uma reserva no Sofitel Paris Arc Du Triomphe. Três dias depois, 15 de maio, a mulher se encontrou com Neymar e os dois trocaram carícias. O jogador acabou ficando agressivo e teve uma relação sexual contra a vontade da vítima.

Em entrevista ao 'Brasil Urgente', o pai de Neymar, falou: "São momentos difíceis. Se a opinião pública não estiver bem esclarecida. Se a gente não conseguir mostrar a verdade rapidamente, vira uma bola de neve. Se a gente tiver que expor o Whatsapp do Neymar e as conversas com essa moça, nós vamos expor, porque está claro que foi uma armadilha".

Neymar 'pai' ainda contou que um advogado procurou ele para tentar tirar proveito da situação. Ele já esperava a denúncia e inclusive documentou  o encontro com o diplomata. "Eles tiveram a ousadia de ir na minha casa. Eu levei dois advogados e uma testemunha, eles pediram dinheiro. Na hora que eles falaram o motivo, foi um cala boca para que a menina não falasse nada", disse o pai do jogador.

Em nota divulgada para a imprensa, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que o inquérito policial está em sigilo.

Confira o Boletim de Ocorrência!

(Imagem: Reprodução/Internet)

QUAL A SUA REAÇÃO?

Facebook Conversas