No BBB 22, Paulo André perde bolsa atleta por não estar treinando, de acordo com Governo
Publicidade - OTZAds
Benefício pago a atletas olímpicos gira em torno de 1.800 reais; fãs do brother se revoltam com decisão

Paulo André, além de participante do Big Brother Brasil 22, é um dos grandes nomes do atletismo brasileiro e esperança de medalhas olímpicas para o país. Apesar do potencial, o Governo não hesitou em cortar do velocista o benefício pago para atletas brasileiros.

A Secretaria Especial do Esporte afirmou que o não cumprimento do programa anual de treinamentos do atleta motivou o corte ao benefício. PA está há dois meses dentro do Big Brother Brasil e, por isso (segundo o governo federal), não está em dia com os terinamentos.

No caso de Paulo André, a bolsa tem valor de 1.850 reais e foi conquistada com muito sacrifício, após o bom desempenho do atleta nos jogos Pan Americanos de Lima, em 2019. Na ocasião, P.A foi medalhista de prata na prova dos 100 metros.

A suspensão é preventiva, conforme prevê a lei que disciplina o programa Bolsa Atleta, que exige a continuidade dos treinos por todo o período em que o atleta está recebendo o auxílio. Na internet, fãs do programa e de Paulo se revoltaram com a decisão do Governo Federal, além de se surpreenderem com o baixo valor pago a P.A, que também é campeão mundial de sua modalidade. 

"1800 reais por mês não paga nem uma boa dieta de um atleta, absurdo isso", disse um internauta. É muito comum ver o perfil oficial do brother postando imagens de Paulo André treinando sozinho, tentando manter o ritmo e a forma física. Geralmente, ele escolhe as madrugadas para fazer isso no gramado da casa do BBB 22. 

Publicidade - OTZAds
Publicidade - OTZAds

QUAL A SUA REAÇÃO?


Você pode gostar:

Conversas no Facebook