Ônibus que leva alunos de Itatira para IFCE de Canindé sofre tentativa de assalto
Bandidos entraram armados no coletivo, pedindo os celulares dos estudantes.

O ônibus que leva os estudantes oriundos de Itatira para o IFCE - Campus Canindé, sofreu uma tentativa de assalto no começo da noite desta quarta-feira, 5 de junho.

Tudo aconteceu quando o coletivo voltava para Itatira e parou no caminho para alguns alunos descerem. Até que cerca de quatro bandidos entraram no ônibus anunciando o assalto. Segundo relatos, os criminosos apontaram suas armas para os estudantes, pedindo que eles passassem os celulares.

Um policial do BPRaio estava no ônibus e reagiu ao assalto, o que gerou uma troca de tiros. Dois alunos acabam feridos, um levou um tiro de raspão na bochecha e outro foi atingido na mão. Após o incidente, o ônibus se encontra em um posto de gasolina, no distrito de Cachoeira, que fica na BR-020.

Ainda segundo relatos, um dos bandidos foi atingido por um disparo de arma do policial e morreu no local. Ainda não se tem mais informações se os outros bandidos foram capturados.

Confira a nota assinada por Francisco Antônio Barbosa Vidal, diretor-geral do Campus, e pelo diretor de ensino, Eduardo Dalle Piagge Filho:

A direção geral e a direção de ensino do campus de Canindé do Instituto Federal do Ceará vêm a público manifestar profundo lamento e consternação em virtude do incidente ocorrido na noite desta quarta-feira, 5 de junho, com o ônibus municipal de Itatira que fazia o transporte de estudantes a Canindé.

Em respeito e compreensão à situação em que se encontram alunos e familiares envolvidos, bem como para alinhamento de medidas futuras com o intuito de preservar a segurança de toda a comunidade, o campus de Canindé decide abonar as faltas dos estudantes residentes no município de Itatira nestas quinta e sexta, dias 6 e 7 de junho. Não haverá prejuízo acadêmico aos alunos ausentes nesse período.

A direção geral e a direção de ensino do campus de Canindé do Instituto Federal do Ceará solidarizam-se com estudantes e famílias vítimas do lamentável episódio de insegurança vivenciado, comprometendo-se a apoiá-los e acompanha-los como for possível. 

(Imagem: C4 Notícias/Whatsapp)

QUAL A SUA REAÇÃO?

Facebook Conversas