'Profissão Repórter' conta os efeitos da saída dos médicos cubanos do Mais Médicos
Desde 2013, Cuba mandava médicos para o Brasil.

O 'Profissão Repórter' desta quarta-feria, 1º de maio, irá falar sobre o efeito da saída dos médicos cubanos do Mais Médicos. A exibição está marcada para começar às 23h45, pelo horário oficial de Brasília. Logo depois do Futebol, com Goiás e São Paulo.

As equipes do jornalístico passaram por três regiões do país para mostrar o que aconteceu após a mudança no programa. Quem assistir, poderá conferir a história do único médico que atende em Ajuricaba, cidade com mais de 7 mil habitantes. Ele reveza em três unidades básicas de saúde para tentar atender toda a população.

Em novembro do ano passado, o governo da Cube decidiu sair do Mais Médicos, por conta de "referências diretas, depreciativas e ameaçadoras", que foram feitas pelo presidente eleito na época, Jair Bolsonaro, sobre a presença dos médicos cubanos no Brasil.

Em agosto, Bolsonaro disse durante sua campanha que ele iria expulsar os médicos cubanos no país com base no exame de revalidação de diploma de médicos formados no exterior, o Revalida. Os formados no exterior não podem atuar na medicina brasileira sem a aprovação no exame, mas no caso do programa, todos os estrangeiros participantes tinham autorização de atuar no Brasil.

QUAL A SUA REAÇÃO?


Você pode gostar

Facebook Conversations