PT critica Globo após condenação de Lula e emissora emite nota
A nota foi lida por William Bonner durante o Jornal Nacional.

Na noite desta quarta, 24 de janeiro, o Grupo Globo emitiu uma nota após o Partido dos Trabalhadores (PT) acusar a emissora de ter influênciado o condenamento de Lula da Silva no TRF-4, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A pena para o ex-presidente que foi imposta por Sergio Moro era de 9 anos e 6 meses e foi aumentada para 12 anos e 1 mês de prisão.

A nota divulgada pelo PT foi assinado por Gleisi Hoffmann (PR), atual presidente do partido: "O resultado do julgamento do recurso da defesa de Lula, no TRF-4, com votos claramente combinados dos três desembargadores, configura uma farsa judicial. Confirma-se o engajamento político-partidário de setores do sistema judicial, orquestrado pela Rede Globo, com o objetivo de tirar Lula do processo eleitoral". 

O texto ainda diz que o PT vai registrar a candidatura de Lula para as eleições à presidência no dia 15 de agosto, que é o dia máximo para registro de candidaturas. Com a condenação, Lula ainda pode entrar com recurso ao Supremo Tribunal Federal e ao Superior Tribunal de Justiça para registrar sua candidatura no Tribunal Superior Eleitoral.

Durante o 'Jornal Nacional', William Bonner leu uma pequena nota feita pelo Grupo Globo, que rebate o que foi dito pelo partido de Lula: "A menção à Rede Globo na nota do Partido dos Trabalhadores merece apenas um comentário: ela é desrespeitosa, despropositada e fora da realidade".

(Imagem: Reprodução/TV Globo)

QUAL A SUA REAÇÃO?


Você pode gostar

Facebook Conversations