Quarta parcela do Auxílio Emergencial está em estudo pelo Governo, diz Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro fez o anuncio durante uma live no Facebook.

Quem já recebeu a segunda parcela do Auxílio Emergencial já deve ter ser perguntado: "Haverá a quarta parcelá?". Pois bem, hoje durante uma live no Facebook, o presidente Jair Bolsonaro revelou que o governo está analisando a possibilidade de uma quarta parcela do benefício, previsto para durar três meses.

Ao lado do presidente da Caixa, Bolsonaro disse para os internautas: "Nós já estudamos uma quarta parcela com o Paulo Guedes. Está definindo o valor, para ter uma transição gradativa e que a gente espera que a economia volte a funcionar".

Mais cedo, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o presidente da Câmara dos Deputados, comentou a possibilidade da prorrogação do auxílio: 

"Acho muito difícil que não seja prorrogado. A gente sabe o custo. Eu tenho medo de redução do custo do auxílio emergencial , o que isso impacta na reação das pessoas. Não é uma decisão simples. Prorrogar acho que é um consenso. O que vai se debater é o valor."

Vale lembrar que o valor atual, de R$ 600, foi definido pelo Congresso Nacional. A proposta inicialmente encaminhada pelo governo era de apenas R$ 200. 

Desde o mês passado o auxílio está sendo pago. O valor chega até R$ 1.200,00 para as famílias em que a mulher seja a única responsável pelas despesas da casa.

SUA REAÇÃO!

Facebook