Relembre a carreira do ator Lúcio Mauro, que faleceu neste sábado aos 92 anos
Ele estava internado em uma clínica na Zona Sul do Rio de Janeiro há dois meses, por conta de problemas respiratórios.

Morreu neste sábado, 11, o ator e comediante Lúcio de Barros Barbalho, mas conhecido como Lúcio Mauro, aos 92 anos de idade. A informação da morte foi confirmada pela filho dele, Lúcio Mauro Filho. Ele estava internado na Clínica São Vicente, no Rio de Janeiro e segundo a colunista Fábia Oliveira divulgou recentemente, o quadro de saúde era grave.

Em março, Lúcio completou 92 anos e o filho publicou uma foto ao lado do pai, juntamente filhos dele e a nora. "Comemoramos a sua existência, e a nossa sorte de carregar seu sangue", diz um trecho da legenda.

Seu último trabalho na TV foi em 2015, na nova 'Escolinha do Professor Raimundo', uma co-produção do Canal Viva e Globo. Lúcio interpretou um servente da escola que mostra o caminho da nova sala de aula para o Professor Raimundo, vivido por Bruno Mazzeo.

Anteriormente ele esteve em produções como 'A Grande Família', em 2014 e 'Gabriela', em 2012. Lúcio nasceu no dia 14 de março de 1927, no Belém do Pará e estreou na Rede Globo em 1966, um anos após a emissora ser fundada por Roberto Marinho. 

Lúcio marcou presença em diversos programas humorísticos da Globo. Entre 1999 e 2011, ele fez vários personagens no 'Zorra Total'. Como o Fernandinho, ao lado da esposa, Ofélia, papel de Claudia Rodrigues. Um personagem marcante em sua carreira foi o Aldemar Vigário, na 'Escolinha do Professor Raimundo', onde ele estava sempre que contando lorotas e bajulando o professor interpretado por Chico Anysio.

Em 2007, Lúcio participou de 'Paraíso Tropical', de Gilberto Braga, interpretando Veloso. Em 2008, esteve em 'A Favorita', de João Emanuel Carneiro, como Sabiá. Já na segunda versão de  'Gabriela', sua última novela, ele interpretou Eustáquio.

Seu primeiro trabalho na televisão foi na TV Rádio Clube de Pernambuco, em 1960. Ele estreou no programa 'Beco sem Saída'. Logo depois, o diretor Walter Clark convidou ele para trabalhar na TV Tupi, onde inclusive contracenou com nomes como Yoná Magalhães, Fernanda Montenegro, Bibi Ferreira e Sérgio Cardoso, no  'Grande Teatro Tupi'.

O último filme feito por Lúcio foi o 'Vai que Dá Certo 2', em 2016, no papel de Seu Altamiro. Ele também atuou em longas como 'Muita Calma Nessa Hora', em 2010, 'O Homem que Desafiou o Diabo', em 2007, 'Redentor', em 2004 e 'Terra sem Deus', em 1963.

Lúcio teve doi filhos com a atriz Arlete Salles entre 1958 e 1970: Gilberto Salles e Alexandre Barbalho. Com Ray Luiza Araujo Barbalho, ele teve três filhos: Lúcio Mauro Filho, Luciane Maria e Luanna Barbalho.

(Imagem: Acerto TV Globo)

QUAL A SUA REAÇÃO?

Facebook Conversas