Reynaldo Gianecchini é entrevistado por Tatá Werneck no Lady Night desta quinta, 13
Programa vai ao ar logo após o 'Big Brother Brasil 20'.

No Lady Night de hoje, 13, Tatá Werneck recebe Reynaldo Gianecchini no Lady Night, após a prova do Líder no BBB20. Em uma conversa bem descontraída, o ator fala sobre sua vida e sua carreira. 

Quem quiser assistir, deve sintonizar na emissora carioca às 23h15, pelo horário de Brasília. No Globoplay, todas os episódio desta temporada estão disponíveis.

Durante a entrevista, Reinaldo falou sobre a estreia dele na peça 'Cacilda': "Foi minha estreia profissional, fui substituir atores na peça Cacilda e aí tinha uma cena maravilhosa que era de orgia onde a Cacilda ia para Nova York fazer uma orgia e estava todo mundo batendo punheta em cena".

Tatá até brincou: "Está em cartaz?". Reinaldo continua: "Eu só pensava nisso. ‘Caraca, eu vou estrear e [o diretor] vai querer que eu faça essa cena da punheta. Como é que eu posso chamar papai e mamãe e eu tô lá batendo uma punheta em cena? Acabou que eu não fiz a cena porque eu não estava preparado para isso".

O ator falou sobre o relacionamento dele com a Marília Gabriela: "Ela é muito inteligente. O que acho mais legal é que tive a chance de descobrir o lado divertido, o lado moleca e brincalhão. Foi por esse lado que me apaixonei".

Reinaldo ainda comentou a relação dele com Carolina Dieckmann, na novela 'Laços de Família', exibida em 2000: "Tive dificuldade um pouco com a Carolina, rolou um tempo para gente se harmonizar, isso eu falo até pra ela. No começo não rolou uma empatia dela para mim. Acho que ela não curtiu muito. Depois reverteu tudo, eu amo a Carol, mas é engraçado isso, da não empatia".

Confira:

QUAL A SUA REAÇÃO?

Facebook Conversations