menu
'Um Lugar ao Sol': Bárbara perde o bebê e depois recebe outra notícia triste no hospital
'Um Lugar ao Sol': Bárbara perde o bebê e depois recebe outra notícia triste no hospital
Personagem passará por uma cesárea de emergência e o bebê nascerá morto.

Em 'Um Lugar ao Sol', o filho que Bárbara (Alinne Moraes) estará esperando acabará nascendo morto em um parto de emerência, nos próximos capítulos da novela das 9. Só que não acaba por aí! A filha de Santiago (José de Abreu) fará exames e descobrirá que não pode mais ter filhos.

Tudo acontece no dia do parto. Bárbara passará por exames e descobrirá algo de errado. "Prepara a sala de parto. Nós vamos ter que te levar pra uma cesárea de emergência", dirá a médica ao ouvir os batimentos cardíacos do bebê.

A menino acabará nascendo morto e a médica explicará para a mãe o que aconteceu: "Pelo aspecto do útero e do bebê, houve uma infecção, que não foi detectada neste último período da gestação...".

A ginecologista dirá que, a princípio, o útero de Bárbara foi salvo. Mas ela precisará tratar uma infecção para saber se poderá engravidar novamente. A mulher seguirá as orientações médicas e, tempos depois, fará exames para saber se está recuperada por completo.

Bárbara irá se consultar com a médica e receberá uma notícia nada agradável: "O que nós vimos nessas imagens é que a infecção, a mesma que causou a perda do bebê, infelizmente deixou uma sequela. Essa zona esbranquiçada... Isso é uma inflamação que você tem na cavidade do útero".

"Sim, mas a gente pode tratar, não?", questiona Bárbara. A médica responde: "Claro, nós estamos fazendo isso. Mas o fato dela ainda persistir indica que é algo crônico, que a gente pode conseguir controlar, mas não eliminar completamente".

Em choque, Bárbara diz: "A senhora está me dizendo então que...". Ela ouve da médica: "O problema é que, com a inflamação, o útero não consegue segurar a gestação".

"Desculpa, mas eu me recuso! Eu não aceito! Com todos os recursos que a gente tem hoje em dia, em pleno século XXI, eu me recuso a acreditar que eu não posso ter esperança", dispara Bárbara.

No fim da conversa, a médica avisa: "Bom, em medicina a gente não pode nunca descartar a possibilidade de um milagre, mas... Infelizmente, eu não posso te iludir: a probabilidade de uma gestação é praticamente nula".

SUA REAÇÃO?

Conversas no Facebook