Contratações temporárias para final do ano podem beneficiar milhares de desempregados
Comércio é bem movimentado no final do ano.

Os últimos meses do ano são mais movimentados para o mercado brasileiro em relação às outras épocas. O aumento no número de clientes começa na Black Friday, data que gera maior movimento (quanto para as lojas físicas como também para as lojas virtuais). 

Realizada constantemente na última sexta-feira de novembro, a Black Friday de 2018 será adiantada em uma semana, ou seja, o que era para ser dia 30 de novembro será no dia 23. Por conta desse adiantamento, consequentemente, os funcionários temporários começarão a serem contratados mais cedo em relação aos anos anteriores.

Além da Black Friday, datas como Natal e Ano Novo também costumam levar grandes movimentos às lojas, por conta disso, é possível que os trabalhadores temporários tenham um contrato de 3 a 6 meses. Grandes lojas nacionais e internacionais (como: C&A, Renner, Riachuelo, Casas Bahia, Ricardo Eletro, Extra, ente outras) são as que costumam oferecer um maior número de empregos ao se aproximar do final de ano.

Para fugir do desemprego, diversos brasileiros(as) aguardam ansiosamente por oportunidades de trabalho temporário. Algumas empresas já começaram a contratar, porém, por volta do mês de novembro, é esperado que as oportunidades de trabalho se intensifiquem. 

Para os próximos anos é estudado o adiantamento da Black Friday, uma das hipóteses é que a mesma seja realizada em setembro. O discurso dos empresários para a aprovação do adiantamento é a queda de vendas no Natal. Caso isso se concretize, consequentemente, mais empregos serão gerados, ou o tempo de contrato temporário será estendido, já que a proximidade de datas como a Black Friday e o Natal não será mais de 1 mês e sim de, mais ou menos, 3 meses. 

Fonte: Cupomzeiros.

QUAL A SUA REAÇÃO?

Facebook Conversas