Criador de meme de Anitta envolvendo Ludmilla se defende: 'Não estou sendo racista'
Nome de Anitta foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter por causa do meme.

O criador do meme que fez Anitta ser chamada de racista no Twitter na noite desta sexta-feira, 4, se defendeu das mesmas acusações que a cantora vem sofrendo. Até o momento Anitta não se pronunciou sobre o assunto.

"Não estou sendo racista! Só quero mostrar para vocês que toda a desavença a Ludmilla sempre teve inveja de Anitta, enfim. Só sabe criticar", disse ele no Instagram Stories.

Tudo começou quando Anitta publicou nos stories, um meme onde ela aparece sentada, usando o celular e na foto tem a seguinte frase: "Barbie em vida de patroa". A cantora, inclusive, escreve: "Hahahahaha eu tô morrendo", mas horas depois apagou.

Só que um detalhe passou despercebido por muitos e talvez pela própria Anitta, a presença de Ludmilla, no lado direito da imagem. É possível ver apenas o rosto da dona de 'Hoje'. A imagem foi claramente retirada do clipe 'Onda Diferente'.

O problema é que para os fãs de Ludmilla, a artista foi retratada como a empregada e Anitta foi racista ao compartilhar a imagem. Logo, eles subiram a tag "Anitta racista" no Twitter, que foi parar nos assuntos mais comentados da noite.

O termo "Patroa" caiu como um meme na internet após Ludmilla divulgar conversas com Anitta. Em uma delas, Anitta se refere a si mesma como patroa de Lexa, Luisa Sonza e MC Rebecca.

O criador do meme no Instagram @joeelpaixao:

O criador do meme no Instagram @joeelpaixao:

Confira

SUA REAÇÃO!


Você também pode gostar

Facebook Conversations