Terceira parcela do Auxílio Emergencial vai começar a ser paga neste sábado, 27; pagamento vai durar uma semana
Anúncio foi feito pelo ministro Paulo Guedes, ao lado de Bolsonaro em live.

Em live com o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou que o pagamento da terceira parcela do Auxílio Emergencial começará neste sábado, 27. Atualmente, o benefício está sendo pago para os mais de 11 milhões de brasileiros que recebem Bolsa Família, com base no número do NIS.

"Nós estamos, agora no sábado, pagando mais uma parcela para 60 milhões de brasileiros. Nesse próximo sábado até o sábado que vem, 60 milhões de brasileiros recebem mais uma parcela", disse Guedes.

O calendário ainda não foi divulgado. Ao que tudo indica, o pagamento deve ocorrer como na parcela passada, primeiro o pagamento digital, pelo mês do nascimento, e só depois o saque.

Mais cedo, aconteceria uma coletiva no Palácio do Planalto, com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, para divulgar o calendário, mas o evento acabou sendo cancelado, sem nenhum motivo ter sido informado.

Bolsonaro confirmou o pagamento de mais de mais três parcelas do auxílio. Os valores ainda estão em estudo:

"Os números não estão definidos ainda, mas a gente vai prorrogar por mais dois meses, tá certo? O auxilio emergencial vai partir para uma adequação. Serão, com toda certeza, R$ 1,2 mil reais, em três parcelas. Basicamente, deve ser desta maneira. Deve ser, estamos estudando, deve ser R$ 500, R$ 400 e R$ 300 em dois meses".

A tarde, Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, defendeu durante uma coletiva, a permanência do valor atual do auxílio: "Eu continuo defendendo duas parcelas de R$ 600 e uma discussão rápida nesses 60 dias do governo com o Congresso Nacional de uma renda mínima permanente".

Ele continuou: "Eu acho que é renovar por dois meses e construir o caminho para a renda mínima permanente para que a gente não tenha daqui a 60 dias a pressão, correta e de urgência, que nós temos hoje, em relação à necessidade do auxílio emergencial".

Confira a live:

- Siga o Portal Atualizei no Facebook ou no Youtube.

(Imagem: Reprodução/Facebook)

SUA REAÇÃO!


Você também pode gostar

Facebook Conversations