Tiago Leifert rebate críticas de Patrícia Kogut, esposa de chefão da Globo, sobre falar do coronavírus no BBB
Tatá Werneck também criticou o anúncio do vírus para os participantes do reality.

O apresentador do BBB 20, Tiago Leifert não gostou nenhum um pouco de uma crítica feita por Patrícia Kogut, colunista do jornal O Globo e esposa do diretor geral de jornalismo da TV Globo, Ali Kamel.

Como faz em sua coluna, Patrícia dá nota 10 e a nota 0 para as atrações da TV. Nesta quarta, 18, ela atribuiu o 0 para o BBB, que segundo ela "teve a chance de prestar um serviço, mas Tiago Leifert chamou o corona de "resfriado"'. Ela ainda disse: "Não pode".

A crítica não agradou Tiago que respondeu Kogut no Instagram dela: "Tudo que eu disse é baseado nas informações da OMS, CDC e Min da Saúde, não é opinião. Desserviço presta você ao colocar palavras erradas na minha boca. Basta assistir ao vídeo no Globoplay".

Ele continua: "Falei várias vezes que é letal, que não pode de forma alguma ser subestimado, que temos um grupo vulnerável, que precisamos ficar em casa, que cancelamos a plateia. Absolutamente injusta e inoportuna essa crítica, para não dizer irresponsável. O vídeo está no Globoplay para quem consegue interpretar texto sem deixar preferências e gosto pessoal interferir no julgamento".

O comentário:

O comentário:

Na segunda, 16, Tatá Werneck também criticou a postura do apresentador. No Twitter, ela escreveu: "Não da pra falar que é um "resfriado". Nenhum resfriado para o mundo". O post alcançou quase 120 mil curtidas.

No mesmo dia que Tatá fez o tuíte, Tiago revelou para os participantes do BBB a pandemia de coronavírus e até levou um médico infectologista para tirar as dúvidas de todos.

Para o público, o apresentador disse: "É uma quebra de protocolo, é inédito, mas é necessário".

- Siga o Portal Atualizei no Facebook ou no Youtube.

(Imagem: TV Globo)

SUA REAÇÃO!


Você também pode gostar

Facebook Conversations